Generation Innovate

Em todos os setores de atividade, as empresas desenvolvem um conjunto de pressupostos sobre a forma como devem funcionar e o que têm de fazer para ter êxito. No entanto, em comparação com o que se verificava há apenas cinco anos, o mercado em geral mudou imenso. Ao avaliar e reagir erradamente à mudança que ocorre à sua volta, as PME deixam o seu futuro ao acaso. Os líderes empresariais devem compreender o campo de atuação em rápida transformação e aprender os novos critérios para o êxito.

Um novo estudo da Ricoh Europa, realizado pela Coleman Parkes, analisa a forma como os líderes de PME abordam a inovação e a necessidade de evoluir para sobreviver.

O inquérito foi realizado em agosto de 2018 e contou com a participação de 3300 líderes de PME, oriundos de países como Áustria, Bélgica, Luxemburgo, República Checa, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Hungria, Itália, Países Baixos, Noruega, Polónia, Portugal, Rússia, Eslováquia, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Turquia, Reino Unido e Irlanda.

Artigos relacionados

Adaptação das empresas à procura dos consumidores

O ritmo da mudança na era digital continua a colocar desafios significativos às PME. Quase um quarto (24%) dos líderes de PME na Europa preveem ter de mudar completamente a sua oferta nos próximos cinco anos para manter-se em atividade. A maioria (91%) acha que terá de alterar a forma como desenvolve a sua atividade, até certo ponto.

Falta de inovação ameaça a sobrevivência das PME

A disrupção digital, os requisitos regulamentares e as mudanças económicas estão a pôr seriamente em risco a sobrevivência das PME. Um terço dos líderes de PME entrevistados afirmaram que irão à falência até 2020 se não inovarem em resposta a estas mudanças. Continuando concentrados em tentar aumentar os lucros e em promover o crescimento das suas operações, os líderes de PME devem estar preparados para desafiar os seus pressupostos tradicionais sobre a melhor forma de inovar.

X

Preencha os seus dados para fazer download do Livro Branco